“Às vezes, eu mesmo tenho alguns problemas comigo. Sempre acho que ninguém me quer, que vou morrer sozinho, mas na verdade, eu não quero ninguém e quase sempre prefiro a solidão. Pertenço a alguém, mas não me pertenço ao todo. E tudo que eu queria, de verdade era alguém que não se importasse se eu faço chuva, ou se faço sol. Se sou muito quente, ou frio demais. Só quero que aguente minhas estações, mesmo que meu inverno dure mais que todas as outras. Que não se importe em esperar do lado de fora, enquanto eu tranco a porta do meu quarto e finjo que não tem ninguém lá fora, na chuva e com frio, me esperando. E quando enfim eu decidir sair, que não implique com meu sorriso forçado, simplesmente pode dizer que sentiu minha falta, ou algo assim, e fazer tudo ficar bem. Sentir-se bem com minha bagunça, sem tentar arruma-la. Porque eu sou assim, sou aquele calor de matar em meio ao inverno e a chuva que teima em cair enquanto o sol brilha forte. Sou as folhas que caem na primavera, e as flores que nascem no outono.”
“Eu sou uma eterna apaixonada por palavras, música, e pessoas inteiras. Não me importa seu sobrenome, onde você nasceu, quanto carrega no bolso. Pessoas vazias são chatas e me dão sono. Gosto de quem mete a cara, arrisca o verso, desafia a vida. Eu sou criança. E vou crescer assim.”
passionat3ly:
silly-luv:

♡ find your best posts on my blog ♡
“E eu sei que você ainda vai conhecer vários outros babacas, mas um dia você vai conhecer um cara que vai te tratar do jeito que você realmente merece. Como se a vida dele não existisse sem você.”
“O que eu estou fazendo é me esconder da verdade. E a verdade é que eu estou com medo, medo de me deixar ser feliz por um momento, ai o mundo inteiro desabar e… E eu não sei se vou conseguir superar.”